Blog da NatusVita

Quitosana: O que é? Quais os seus benefícios?

A Quitosana é uma substância vendida em forma de suplemento alimentar com a promessa de auxiliar na perda de peso. Pela atribuição do seu potencial benéfico, a Quitosana desperta curiosidade sobre a sua aplicação e a eficácia dos seus efeitos. Pensando em “matar a curiosidade” dos nossos leitores e clientes, hoje vamos descrever os seus benefícios e apresentar o suplemento alimentar de Quitosana da NatusVita.

O que é Quitosana?

Quitosana - Caranguejo

Caranguejo

A Quitosana é uma fibra dietética natural de origem animal, formada a partir da desacetilação da quitina. A quitina é um polissacarídeo extraído do exoesqueleto de crustáceos e outros animais marinhos, principalmente advindos das cascas de siri, caranguejo e camarões.

Por ser uma fibra natural, a Quitosana apresenta propriedades benéficas semelhante à fibra vegetal celulose, podendo atuar, dentre outras coisas como um alimento funcional, reduzindo a absorção das gorduras no intestino.

A Quitosana contribui principalmente para o emagrecimento e a manutenção do peso saudável. Ela vem sendo relacionada ao combate do acúmulo de gordura corporal em forma de tecido adiposo, na manutenção de níveis saudáveis de colesterol total e triglicerídeos, e também como inibidora de apetite pela formação de composto viscoso no estômago.

Como a Quitosana age no organismo?

Conheça os prováveis mecanismos da Quitosana que influenciam na perda de peso:

1. A gordura derivada da dieta é absorvida pelo intestino após sofrer a ação da lipase pancreática. Um grupo de chineses confirmou que a Quitosana atua inibindo a ação da lípase pacreática. A inibição da quebra da gordura dietética pela Quitosana pode causar diminuição da absorção intestinal de gordura não sendo ela utilizada pelo organismo, e reduzir o volume de colesterol no sangue. Sabe-se que em excesso, o colesterol “ruim” LDL, pode induzir a hiperlipidemia, obesidade e à esteatose hepática (gordura no fígado).

Quitosana - Circunferência Abdominal

Circunferência abdominal

2. Outro mecanismo aceitável para o envolvimento da Quitosana na redução do peso é seu efeito bloqueador de gordura. Devido à alta densidade de cargas positivas de sua estrutura, a Quitosana atrai e se liga aos lipídeos, que são moléculas de gordura de carga negativa. Em ambiente ácido como o estômago, a Quitosana se adere as gorduras durante a digestão, formando uma “esponja” de gordura. Quando esse composto de esponja de gordura chega ao intestino ele é solidificado e eliminado pelas fezes, sem ser metabolizado ou armazenado pelo organismo.

3. A Quitosana é insolúvel em água, mas dissolve-se em soluções aquosas de ácidos orgânicos, como o ácido clorídrico do estômago, resultando em uma solução viscosa. Por ser uma substância altamente viscosa, a Quitosana, além de inibir a absorção de gordura da dieta, pode aumentar o seu volume no trato gastrointestinal aumentando a sensação de saciedade. Por isso, a tendência é que o consumo alimentar total seja diminuído em pessoas submetidas ao consumo de Quitosana, resultando assim, em redução do ganho de peso corporal. Além disso, com o aumento do volume estomacal, a Quitosana torna a absorção de energia mais lenta, aumentando a saciedade o que pode restringir a quantidade de ingestão calórica.

Benefícios da Quitosana:

Perda de Peso

Perda de Peso

  • Auxílio no aumento da saciedade, com formação de composto viscoso;
  • Auxílio na perda de peso;
  • Auxílio na inibição da absorção de colesterol;
  • Auxílio na diminuição da ingestão alimentar e energética;
  • Auxílio no aumento da excreção de gordura;
  • Auxílio na redução da gordura abdominal;
  • Auxílio na diminuição do colesterol “ruim” (LDL) no sangue;

A Quitosana da Natusvita é um suplemento alimentar a base de fibras de crustáceos enriquecido com Vitamina C. A Quitosana, auxilia na absorção da gordura ingerida, fazendo que suas fibras se agreguem às moléculas de lipídeos e sejam diretamente excretadas por meio das fezes. Além de aumentar a excreção de gordura, a Quitosana proporciona sensação de saciedade, atuando como um excelente aliado na perda peso.

Por se tratar de um suplemento à base de exoesqueletos de crustáceos, a Quitosana não deve ser consumida por pessoas alérgicas ou intolerantes à frutos do mar, crustáceos e demais animais marinhos. Lembrando que a suplementação alimentar deve ser prescrita por um profissional nutricionista.

 

Onde Comprar Quitosana

Quitosana
Clique ao lado para comprar Quitosana.
Pague em até 10X sem juros.
Ou 5% de desconto no pagamento com boleto.

Referências Bibliográficas:

ESCOTT-STUMP, S.; MAHAN, L. K. Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. Rio de Janeiro: Elsevier, 12ª ed.2010.

CHEREM, A. R.; BRAMOSRKI, A. Excreção de gordura fecal de ratos (Rattus norvegicus, Wistar), submetidos a dietas hiperlipídicas e hipercolesterolêmicas suplementadas com quitosana. Rev. Bras. Cienc. Farm. São Paulo, vol. 44, n. 4, pp. 701-706. Dezembro de 2008.

SANTOS, J. E. et al . Caracterização de quitosanas comerciais de diferentes origens. Polímeros. São Carlos, vol. 13, n. 4, pp. 242-249, São Carlos. Dezembro de 2003.

CRUZ, J. B. ; CATAO, C. D. S.; BARBOSA, R. C.; FOOK, M. V. L. Síntese e caracterização de arcabouços de quitosana com agente antineoplásicos. Matéria (Rio J.). vol. 21, n.1, pp. 129-140. Março de 2016.

FERREIRA, J.; ANSELMO, G. C. CASTRO. APLICAÇÕES NUTRICIONAIS DA QUITOSANA: UMA BREVE REVISÃO. Revista Conexão Eletrônica. AEMS – Faculdade Integradas de Três Lagoas. Vol. 10, n. 1/1, Pp. 75-85. 2013.

GAGNÉ, N. Production of chitin and chitosan from crustacean waste and their use as a food processing aid. Montreal. 1993. 121 p. Thesis of Master of Science – McGill University, Department of Food Science and Agricultural Chemistry. 1993.

Jornada Interdisciplinar em Saúde, 3., 2010, Santa Maria, RS: QUITOSANA NA REDUÇÃO DE COLESTEROL E PERDA DE PESO: UMA REVISÃO DA

LITERATURA. Curso de Nutrição do Centro Universitário Franciscano – UNIFRA, 2010, pp. 1-8.

KUMAR, M. N. V. R. A review of chitin and chitosan applications. Reactive & Functional Polymers, v. 46, p. 1–27. 2000.

LEITE, S. N. AÇÃO COMUNICACIONAL DA QUITOSANA: O percurso social da inovação. 2006. Tese (Doutorado Ciências da Comunicação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo.

LIAO, F-H. et al. Chitosan supplementation lowers serum lipids and maintains normal calcium, magnesium, and iron status in hyperlipidemic patients. Nutrition Research, v. 27, p. 146– 151. 2007.

LIU, J.; ZHANG, J.; XIA, W. Hypocholesterolaemic effects of different chitosan samples in vitro and in vivo. Food Chem. vol. 107, pp. 419-425. 2008.

MONTEIRO C. A.; MONDINI L.; COSTA R. B. L. Mudanças na composição e adequação nutricional da dieta familiar nas áreas metropolitanas do Brasil (1988- 1996). Rev. Saúde Pública, vol. 34, pp. 251-258. 2000.

SANTANA, L. S. EFEITO DA QUITOSANA NO PERFIL LIPÍDICO DE

ADULTOS NORMOLIPIDÊMICOS. 2012. TCC – Trabalho de Conclusão de Curso (Título de Bacharel) – Faculdade de Ciências e Saúde do Centro Universitário de Brasília. Brasília.

SIEPE – Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 8. XXII Seminário de Iniciação Científica. IX Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão. VI Mostra Universitária. 2016, Uruguaiana. AVALIAÇÃO DA MASSA CORPÓREA ATRAVÉS DE DIETAS NORMOCALÓRICAS E HIPERCALÓRICAS SUPLEMENTADAS COM QUITOSANA EM RATOS WISTAR. Universidade Federal do Pampa (Unipampa). Rio Grande do Sul.

STEEMBURGO, T. et al . Fatores dietéticos e síndrome metabólica. Arq Bras Endocrinol Metab. São Paulo, v. 51, n. 9, p. 1425-1433. Dezembro de 2007.

FERREIRA, S. R. S.; VALCAREGGI, S. A. A. HENSE, H. Subprodutos com importância tecnológica provenientes do resíduo de crustáceos e suas aplicações. E-Tech: Tecnologias para Competitividade Industrial. Florianópolis, vol. 9, n. 2, 2016.

DAMIAN, C et al. Quitosana: um amino polissacarídio com características funcionais. Alimentos e Nutrição. Araraquara, vol. 16, n. 2, pp. 195. Abril/Junho de 2005.

1 Pingbacks & Trackbacks de

Quitosana: O que é? Quais os seus benefícios?

  1. Dieta do PH | Blog da NatusVita
    5 de fevereiro de 2018 às 16:23 (6 meses ago)

    […] nome estranho dá a sensação de um programa de perda de peso inédito e complicado? Nem uma coisa nem outra. A dieta do pH tem o mesmo princípio e objetivo da […]

Responder