Blog da NatusVita

Óleo de Cártamo – O que é? Serve para que? Benefícios e mais…

CártamoA busca por um maior controle alimentar, com redução da ingestão de calorias, porém sem perda do prazer ao fazer uma refeição, é uma das tarefas mais procuradas, mas mais difíceis de se realizar no dia a dia.

Por isso, sempre existe a demanda por novas alternativas de produtos que auxiliam nesse aspecto, ou acelerando o metabolismo, ou reduzindo o valor calórico ingerido, ou apenas trazendo mais saciedade e nutrição para o organismo.

Dentre os vários produtos disponíveis no mercado alimentício para esse fim, o óleo de cártamo tem chamado a atenção de muitos pacientes e profissionais da saúde. Que tal conhecer um pouco mais sobre ele?

O que é o óleo de Cártamo?

O cártamo é o nome dado a uma planta popularmente encontrada no oriente médio e que também é cultivada na Europa e Estados Unidos. Se assemelha muito ao girassol, mas tem flores de coloração amarelada ou laranja que por muito tempo foram usadas como corantes em indústrias de tecido e cosméticos.

O cártamo, atualmente, tem grande parte de sua produção voltada para o óleo, que é extraído de suas sementes. Eles têm grande valor nutricional por conta de sua alta concentração de gorduras benéficas para a saúde.

Para que serve o óleo de Cártamo?

Como afirmamos anteriormente, o Cártamo conta com várias aplicações em diferentes tipos de indústrias. Ele pode ser usado como um corante para pintar tecidos, cosméticos e até alimentos (como é feito com o açafrão), além de ser um interessante tipo de tempero para pratos mais orientais.

O óleo, por sua vez, tem grande aplicação na indústria alimentícia por conta de suas características nutricionais, podendo ser usado para preparo de refeições (substituindo outros óleos vegetais), como também consumido em sua forma crua ou em cápsulas.

Quais são as propriedades nutricionais desse óleo?

As principais características nutricionais do óleo de cártamo – ou, pelo menos, as mais valorizadas – são as relacionadas com as gorduras saudáveis encontradas em suas estruturas.

Primeiramente, é preciso entender que é possível encontrar dois tipos de óleo de cártamo no mercado: o monoinsaturado e o poli-insaturado, cada um com características específicas.

O monoinsaturado conta com uma grande concentração de ômega 9, resistente a altas temperaturas e, por isso, indicado para usar em frituras e altas temperaturas. O poli-insaturado, por sua vez, é rico em ômega 6 e que é mais sensível à temperatura, não podendo ser usado para preparações muito quentes. É o óleo que também forma os suplementos nutricionais conhecidos no mercado.

Além dos óleos ômega, o óleo de cártamo conta com boas concentrações de vitamina E, A e K, além de antioxidantes naturais.

Quais são os benefícios do óleo de cártamo?

O consumo regular de óleo de cártamo pode garantir vários benefícios para a saúde de um indivíduo. Seja em seu formato de cápsula, como em formato de óleo, esse alimento garante que muitas de suas características sejam usadas em prol da nutrição do organismo.

Algumas dessas vantagens do consumo do óleo são:

Óleo de Cártamo

Controle do peso corporal

A ciência já conseguiu mostrar a relação entre o consumo de ácidos graxos insaturados (presentes no óleo de cártamo) e a maior queima de gordura corporal. Por isso, essa fonte de gorduras benéficas para a saúde pode auxiliar no aumento do metabolismo e consequente queima eficiente de calorias (acompanhada, é claro, de uma alimentação equilibrada).

Controle da ansiedade

Por ser capaz de aumentar os níveis de serotonina no sangue após sua ingestão, o óleo de cártamo pode melhorar a produção da sensação de bem-estar, melhorar o humor, controlar a ansiedade e até mesmo controlar o apetite.

Controle dos níveis de colesterol bom e ruim

O consumo regular de fontes de gorduras ômega também garante melhora no perfil lipídico de um indivíduo. É esperado que aumente a presença de moléculas de colesterol bom (HDL) e reduza-se consideravelmente a de colesterol ruim (LDL). Dessa maneira, menores riscos de doenças cardiovasculares serão observadas na rotina de um paciente.

Controle dos níveis de açúcar no sangue

Da mesma maneira que valoriza o controle das gorduras no sangue, o consumo de óleo de cártamo pode beneficiar os níveis de glicose no sangue de indivíduos, reduzindo os riscos de desenvolvimento de doenças como a diabetes e a síndrome metabólica (além de também influenciar no controle de peso corporal).

Mais saúde para os tecidos da pele, unhas e cabelo

A alta concentração de antioxidantes naturais encontradas no óleo de cártamo garante maior proteção dos tecidos dérmicos do corpo, como a pele, unhas e cabelo. Assim, com células mais saudáveis, pele, cabelo e unhas ficam mais fortes, bonitas e brilhantes com o consumo desse óleo.

Fortalecimento do sistema imunológico

O consumo regular de óleos ômega também permite maior fortalecimento do sistema imunológico do corpo, protegendo contra a ação de micro-organismos patogênicos, além de melhorar a recuperação de lesões e outros quadros clínicos.

Como consumir esse óleo?

O consumo do óleo de cártamo só deve ser feito com acompanhamento médico ou nutricional personalizado. Esses profissionais vão lhe indicar qual o volume ideal e a maneira mais adequada de adicionar esse produto na dieta. Ele pode ser encontrado na forma de óleo ou como cápsulas para consumo isolado.

Além desse aspecto, o óleo de cártamo pode ser contraindicado para alguns tipos de pessoas. Quem tem alergia ao cártamo (ou qualquer um de seus componentes), que tem problemas de coagulação, gastrointestinais ou que vão passar por cirurgias também devem evitá-lo. Vale lembrar que o mesmo também é contraindicado para gestantes, crianças e lactentes.

Óleo de Cártamo. cápsulas

Você conhecia o óleo de cártamo? Já fez uso desse produto antes? Conte para a gente sua experiência!

Responder