Blog da NatusVita

O que é ZMA? Quais os benefícios?

Para que serve o ZMA?

Os suplementos são basicamente combinações de vitaminas, sais minerais, proteínas e aminoácidos, cujas proporções e modos de se combinar variam de produto para produto, tendo em vista os objetivos de cada um. De uma maneira geral, os suplementos visam promover o crescimento do tecido muscular e o aumento da oferta de energia disponível no corpo humano, mas podem ter outras finalidade também.

A redução da gordura corporal e da produção de metabólitos tóxicos, bem como a diminuição dos efeitos da fadiga muscular estão entre os objetivos dos suplementos.

O que é ZMA?

O ZMA atua justamente nesses dois pontos citados. Composto por zinco e magnésio, dois minerais muito importantes no funcionamento do organismo, e também por vitamina B6, vital em vários processos fisiológicos, o ZMA visa promover um aumento da produção de uma série de hormônios necessários para o pleno desenvolvimento corporal.

O zinco presente em sua fórmula ativa a produção de hormônios ligados ao crescimento, com o magnésio auxiliando na oxigenação do tecido muscular e no aumento do metabolismo de carboidratos e aminoácidos, o que acarreta em ganho de energia.

Já a vitamina B6 está presente na composição com vistas a melhorar a absorção do zinco e o magnésio, bem como para reduzir o catabolismo, ao fazer com que glicose seja consumida como energia, ao invés dos aminoácidos musculares. Essa composição aumenta a força muscular, melhora a recuperação dos músculos e promove um melhor desempenho na prática física.

Os usuários de ZMA relatam ganho de massa muscular, melhora no relaxamento muscular após a prática, aumento na qualidade do sono, diminuição da retenção hídrica, incremento na concentração e nos reflexos e sensação geral de bem-estar.

Todos esses benefícios também foram evidenciados por uma série de estudos científicos, os quais comprovaram a eficácia do suplemento. Evidentemente, isso não substitui um bom acompanhamento médico-nutricional, razão pela qual seu consumo deve ser sempre prescrito e supervisionado por um profissional habilitado.

Benefícios do ZMA

Muitas outras benesses do uso correto e adequado do suplemento ZMA também podem ser apontadas. O zinco é um mineral que está relacionado com a produção do hormônio testosterona, os quais são requeridos para o processo de ganho de força e massa muscular. Age também como agente metabolizador de carboidratos. O zinco também é fundamental para o bom funcionamento do sistema imunológico do corpo humano. As principais fontes alimentares de zinco são ostras frescas, carne de peixe, ovos e pão integral.

Entretanto, nem sempre as quantidades recomendadas de zinco são obtidas no consumo desses alimentos, o que acarreta deficiência desse mineral. Baixos níveis de zinco estão relacionados a problemas no crescimento, perda de apetite e disposição, aumento da fadiga e baixa imunidade. Ao ingerir zinco via suplementação, evita-se essa deficiência ao mesmo tempo em que os benefícios começam a ser fazer mais presentes.

Por sua vez, o magnésio, também um mineral, está envolvido em cerca de trezentos processos metabólicos do organismo, o que por si só já demonstra a importância de seu consumo. Dentre esses processos, está o da contração e relaxamento dos músculos.

Em combinação com outro mineral, o cálcio, o magnésio age para manter o bom funcionamento do aparelho muscular – o cálcio atua na contração dos músculos durante a atividade, e o magnésio atua na distensão. Daí que carência de magnésio provoca maior propensão a lesões nos músculos, além de câimbras e fadiga muscular. O magnésio também contribui para que os seres humanos possuam ossos fortes e saudáveis.

As fontes principais de magnésio são grãos, castanhas, nozes, amêndoas, leite e cereais, alimentos que nem sempre são ingeridos de forma a garantir os níveis recomendados de magnésio. Como esse esgota-se rapidamente no corpo, após treinos pesados, há a necessidade de reposição via suplementação.

A presença da vitamina B6 no composto do ZMA faz com que o magnésio seja absorvido de maneira mais eficiente e rápida em nosso organismo. Mas essa não é a única razão para a presença dela na fórmula do ZMA. Sua ação no cérebro auxilia o desenvolvimento cognitivo, aumentando a concentração e a atenção, ideais para quem quer manter o foco no exercício. Também aumenta a eficiência do sistema imunológico, prevenindo assim doenças as mais variadas.

Possui ainda ação anti-catabólica, potencializando o anabolismo e evitando o consumo de energia dos próprios músculos, o que provoca rápido aumento de ganho muscular. Isso porque a vitamina B6 atua quebrando o glicogênio muscular, o que gera glicose passível de ser queimada como fonte energia, preservando desse modo as proteínas da própria musculatura.

Suplementação com ZMA

O uso correto do ZMA apresenta poucas contra-indicações, porém, como qualquer outro suplemento nutricional, ele deve ser prescrito por um profissional nutricionista. Uma vez seguidas as recomendações, e com acompanhamento profissional adequado, o próximo passo é caprichar no treino, focar nos exercícios e curtir todos os benefícios trazidos por essa suplementação.

Onde Comprar ZMA

ZMA
Clique ao lado para comprar ZMA.
Pague em até 10X sem juros.
Ou 5% de desconto no pagamento com boleto.

Referência Bibliográfica

MAHAN, L. Kathleen; ESCOTT-STUMP, Sylvia. Krause: alimentos, nutrição e dietoterapia. 10. ed. São Paulo: Roca, 2002

4 comentários em

O que é ZMA? Quais os benefícios?

  1. JR
    14 de abril de 2017 às 12:02 (1 ano ago)

    Aqui a indicação de modo de uso são duas cápsulas ao dia. mas na loja da natusvita a indicação do frasco são apenas uma cápsula ao dia para a dose diária. qual seria o correto para a dose diária??

  2. JR
    14 de abril de 2017 às 15:22 (1 ano ago)

    Informação Nutricional
    Porção de 01 cápsula (450mg)

  3. NatusVita
    17 de abril de 2017 às 8:51 (1 ano ago)

    Olá JR,
    Você deve seguir a orientação do site de vendas e do rótulo do produto. A dose indicada para o ZMA é 01 (uma) cápsula ao dia.

  4. NatusVita
    17 de abril de 2017 às 8:52 (1 ano ago)

    Recomendação diária de 01 (uma) cápsula ao dia.

Responder