Blog da NatusVita

Derreter Gordura – O Melhor Cardápio

Uma rotina de exercícios físicos pode não ser o suficiente para que você queime as gorduras ingeridas durante o dia.

Uma mudança no seu cardápio diário é também uma ótima opção complementar para você começar a queimar gordura com mais rapidez e eficiência. Leia as recomendações a seguir e conheça a dieta perfeita para eliminar o excesso de peso com mais qualidade.

Pensando a dieta

Uma dieta com os nutrientes certos fará com seus gastos energéticos sejam estimulados cada vez mais rápido. Além disso, essa dieta prolonga o efeito da queima de gordura, mesmo quando você não está praticando exercícios físicos.

A vantagem é que você pode unir o útil ao agradável, mesclando a dieta aos exercícios físicos, tendo então um resultado ainda melhor no seu processo de emagrecimento.

O maior segredo do cardápio sugerido aqui é a escolha dos nutrientes. É essencial que você consiga combinar no seu conjunto de refeições proteínas magras, carboidratos complexos e gorduras boas.

Além disso, é preciso consumir esses nutrientes em proporções adequadas para o seu peso e altura.

Fazendo a escolha dos nutrientes certos

Esse é um ponto muito relevante, já que o ajuste das proporções ingeridas de gorduras, proteínas e carboidratos é a chave para queimar o acúmulo de gordura localizada pelo corpo.

Primeiro, dê prioridade para o carboidrato complexo, como arroz integral, granola integral, grãos e cereais pouco processados, além de alimentos raiz como batata-doce, inhame, legumes, frutas e verduras.

O carboidrato é o mais recomendado por que ele é rico em fibras e costuma saciar a sua fome mais rápido do que faz o carboidrato simples que está presente na maior parte dos produtos industrializados.

Além disso, o carboidrato complexo possui um índice glicêmico entre médio e baixo, evitando então picos de insulina, o hormônio que favorece o acúmulo de gordura pelo corpo, adiando assim a sensação de fome.

No que diz respeito às proteínas, estas devem ser magras. Ou seja, proteínas que estão presente em alimentos que carregam pouca gordura, como por exemplo, ovos, peixes, iogurte, queijo desnatado, gelatinas e bebidas à base de soja light.

Um bom exemplo de produto que apresenta proteínas magras é o suplemento Whey Protein, um produto que além de saciar a fome mais rapidamente, também ajuda no ganho de músculos e na queima de gorduras, quando é consumido dentro de uma rotina adequada de exercícios físicos.

Por fim, as gorduras devem ser boas, ou seja, advindas de alimentos como o azeite extra virgem, o abacate, a linhaça, castanhas e sementes de chia. A gordura boa também está presente no atum e na sardinha, entre outros peixes.

Ajustando as Porções

É essencial montar o seu prato com o mínimo de carboidrato possível. Mesmo que você priorize o carboidrato complexo, como foi recomendado aqui, a quantidade de carboidratos não deve ser grande. A eficiência da sua dieta também depende muito das proporções a serem ingeridas.

A quantidade de proteínas magras e gorduras boas em suas refeições deve ser maior do que a quantidade de carboidratos complexos. Porém, ainda assim, nunca em volumes exagerados.

Outro ponto importante é tentar reuni-los em seus pratos. Se possível, contar com os três elementos nas refeições feitas no café da manhã, no almoço, no jantar, e se for possível, inclusive em seus lanches intermediários.

As proteínas e as gorduras têm a função de estimular o seu organismo a queimar gordura, enquanto o carboidrato complexo tem o papel de prolongar ao máximo de tempo essa queima.

Lembrando que todas as recomendações listadas acima podem ser acompanhadas pelo seu nutricionista, montando a melhor dieta para as suas necessidades.

Gostou deste artigo? Então, deixe seu comentário e compartilhe, com os seus amigos e com os seus familiares.

Responder