Blog da NatusVita

Conheça a versão turbinada do ZMA!

E se existisse uma versão “turbinada” do tão conhecido suplemento de ZMA?

Sim ele existe! O ZMA+NO2 da AmericanPharm é um suplemento vitamínico e mineral a base de Zinco, Magnésio, Vitamina B6 e especialmente enriquecido com Vitamina B9 (ácido fólico) e Cálcio.

Para que serve o ZMA + NO2

Juntos, os micronutrientes e vitaminas presentes no ZMA+NO2 da American Pharm formam um complexo nutricional que contribui para a melhora do desempenho físico, oferecendo mais energia e força durante o exercício físico.  Além disso, o ZMA+NO2 dá suporte ao organismo para a recuperação muscular, aumento da força, síntese de novas proteínas, ação antioxidante e proteção imune e, na prevenção de lesões e processos inflamatórios.

Por que o ZMA + NO2 é uma versão turbinada?

Além de ser composto por Zinco, Magnésio e Vitamina B6, o ZMA+NO2 é enriquecido com Vitamina B9 e o mineral Cálcio. Ao ser adicionado esses dois nutrientes, o ZMA+NO2 torna-se um suplemento muito mais completo, que agrega as funções da Vitamina B9 e do Cálcio, colaborando para o desempenho físico a medida que auxilia na contração muscular, evita lesões e fadiga.

ZMA - Desempenho físico

Como melhorar o desempenho físico?

Para melhor entendimento, é preciso conhecer o papel de cada ingrediente do ZMA+NO2.

Conheça a atuação de cada ingrediente do ZMA + NO2

O Zinco é um dos minerais de maior importância para o metabolismo corpóreo, exerce função imune, defesa antioxidante, crescimento e desenvolvimento humano.

A atividade física favorece diversas adaptações fisiológicas, sendo necessários ajustes cardiovasculares e respiratórios para compensar e manter o esforço realizado. O exercício está associado ao aumento da formação de radicais livres, relacionado ao aumento do consumo de oxigênio pelos órgãos e tecidos ativos. Os radicais livres podem contribuir para danos celulares, levando a lesões musculoesqueléticas, compressão articular, inflamação, processo de fadiga e prejuízo no desempenho do atleta.

Neste contexto, o Zinco participa do sistema de defesa antioxidante sobre o estresse oxidativo gerado durante a realização do exercício físico, atuando na melhora do desempenho físico em atletas e, regulando o funcionamento do sistema imunológico.

O Magnésio é um nutriente envolvido na produção e liberação de óxido nítrico (NO), um vasodilatador que favorece o fluxo de sangue e a chegada de oxigênio. É, assim, fundamental para a contração muscular. Sua falta pode causar cãibras e fadiga muscular intensa.

ZMA - Contração Muscular

Magnésio (Mg) e Cálcio (Ca) são necessários para a contração muscular

O Magnésio está envolvido em um grande número de reações enzimáticas e pode estar envolvido em vários processos biológicos, como produção de energia, catabolismo do glicogênio, metabolismo proteico e lipídico, geração de energia, controle da atividade neuronal, condução elétrica cardíaca, contração muscular e pressão arterial.

Os atletas, em particular, são um grupo populacional com tendência a apresentar perdas elevadas de magnésio pela urina e pelo suor em períodos de treinamento intenso. Inclusive, por esta razão, especula-se que as necessidades de atletas sejam 10% a 20% maiores do que as recomendações atuais para indivíduos sedentários de mesmo sexo e faixa etária.

Portanto, a deficiência de Magnésio aumenta a produção de radicais livres, levando a alterações nas membranas celulares e ao aumento na concentração de cálcio intracelular, que dificulta a contração muscular. A ação conjunta desses mecanismos facilita a suscetibilidade a lesões musculares e, consequentemente, prejudica o desempenho de praticantes de atividade física.

A Vitamina B6 desempenha uma grande variedade de funções no corpo e é extremamente versátil, com envolvimento em mais de 100 reações enzimáticas, principalmente relacionadas com o metabolismo das proteínas e no transporte de aminoácidos. O transporte de aminoácidos para o interior das células depende muito do fornecimento adequado desta vitamina.  Além disso, a Vitamina B6 é importante para o transporte e assimilação do Zinco, Magnésio e Vitamina B9. A Vitamina B9 é um importante nutriente que desempenha inúmeras funções no corpo. Ela é crucial para a função cerebral adequada e importante para a saúde mental e emocional. Ele ajuda na produção de DNA e RNA, o material genético do corpo, e é especialmente importante para a formação de novas células. A Vitamina B9 também colabora para a produção de glóbulos vermelhos, produção de novas proteínas e ajuda o mineral ferro a funcionar adequadamente no corpo. Conforme já citado, a atividade física demanda maior aporte de oxigênio para compensar e manter o esforço realizado pelo corpo. Neste sentido, o a Vitamina B9 atua na formação de glóbulos vermelhos que ajudam a carregar o oxigênio e a movimentá-lo pelos vasos sanguíneos. Além de colaborar no suprimento da elevada demanda de oxigênio, ele atua também na defesa de radicais livres que são formados pelos tecidos ativos durante a atividade física.

O Cálcio é um mineral muito abundante e importante para o corpo humano. Além do seu já conhecido papel na composição da massa óssea, o Cálcio desempenha inúmeras funções orgânicas e metabólicas. Dentre elas está a regulação do ritmo cardíaco, vasodilatação, coagulação sanguínea, contração muscular, liberação de neurotransmissores, síntese de hormônios, e ativação de certas enzimas.

Durante o exercício físico o Cálcio é imprescindível, pois, dele depende o movimento das fibras musculares. Outro destaque para o Cálcio é a sua capacidade de manter a densidade mineral óssea adequada, para que com o impacto do exercício seja reposto o Cálcio necessário para a mineralização óssea e assim, evitando lesões.

Onde Comprar ZMA + NO2

ZMA + NO2
Clique ao lado para comprar ZMA + NO2.
Pague em até 10X sem juros.
Ou 5% de desconto no pagamento com boleto.

Lembrando que toda e qualquer suplementação deve ser orientada por profissional responsável e aliada à hábitos saudáveis de vida.

Bibliografia

OLIVEIRA, K. J. F.; KOURY, J. C.; DONANGELO, C. M. Micronutrientes e capacidade antioxidante em adolescentes sedentários e corredores. Rev. Nutr. Campinas, vol. 20, n. 2, pp. 171-179. Maio/Abril de 2007.

ANDRADE, L. S.; MARREIRO, D. N. Aspectos sobre a relação entre exercício físico, estresse oxidativo e zinco. Rev. Nutr. Campinas, vol. 24, n. 4, pp. 629-640. Julho/Agosto de 2011.

AMORIM, A. G. TIRAPEGUI, J. Aspectos atuais da relação entre exercício físico, estresse oxidativo e magnésio. Rev. Nutr. Campinas, vol. 21, n. 5, pp. 563-575. Setembro/Outubro de 2008.

UEHARA, S. K.; ROSA, G. Associação da deficiência de ácido fólico com alterações patológicas e estratégias para sua prevenção: uma visão crítica. Rev. Nutr. Campinas, vol.23, n.5, pp.881-894. Setembro/Outubro de 2010.

Mackey, A.; Davis, S.; Gregory, J. Vitamin B6. In: Shils M, Shike M, Ross A, Caballero B, Cousins R, eds. Modern Nutrition in Health and Disease. 10th ed. Baltimore, MD: Lippincott Williams & Wilkins; 2005.

Institute of Medicine. Food and Nutrition Board. Dietary Reference Intakes: Thiamin, Riboflavin, Niacin, Vitamin B6, Folate, Vitamin B12, Pantothenic Acid, Biotin, and Choline. Washington, DC: National Academy Press; 1998.

Responder