Blog da NatusVita

Já ouviu falar em Coenzima Q10? Descubra aqui, mais sobre esse nutriente

Alimentos que possuem Coenzima Q10Muitos compostos são essenciais para manter nossa saúde em dia e o corpo funcionando. A grande maioria deles pode ser encontrada em alimentos, entretanto, existem opções que são desenvolvidas pela indústria farmacêutica de forma isolada, para garantir sua ingestão completa e melhor ação na saúde do indivíduo.

Um desses compostos é a Coenzima Q10, que tem sido cada vez mais utilizada por especialistas em alimentação e qualidade de vida. Se você ainda não conhece esse produto, nesse artigo lhe contaremos tudo sobre o que ela tem para lhe oferecer. Confira!

O que é a Coenzima Q10?

Coenzima Q10 é o nome de uma vitamina que, cientificamente, é chamada de Ubiquinona. Ao contrário do que você inicialmente poderia imaginar, a Coenzima Q10 não é uma enzima propriamente dita. Apesar de ser produzida de maneira endógena pelo organismo, ela também pode ser obtida através da alimentação.

Todas as células do corpo humano (porém mais concentrada em células cerebrais, do coração, rins e fígado) contam com boas concentrações de Coenzima Q10, visto que tem atuação importante na produção de energia metabólica para o organismo. Ela atua na reconstrução de tecidos celulares e nas ações antioxidantes, que protegem a saúde das células corporais.

Para que serve a Coenzima Q10?

A Coenzima Q10, como afirmamos acima, tem grande papel na produção de energia metabólica para as células, atuar na renovação das estruturas celulares e de agir como um antioxidante natural. Essa característica antioxidante é considerada por muitos a sua principal, visto que atua como proteção contra os radicais livres que atuam nas células, potencializando – dentre várias outras coisas – o efeito antienvelhecimento precoce de suas estruturas.

Além disso, a Coenzima Q10 atua aumentando a eficiência da oxigenação das células, protegendo de ações de bactérias (função antimicrobiana), garantindo o funcionamento cardiovascular e garantindo a recuperação muscular.

A deficiência de produção da Coenzima Q10 (que pode ser causada por uma ausência da produção da mesma ou por uma deficiência de ingestão) é um quadro clínico relativamente comum em indivíduos. Ela pode causar sintomas como a sensação constante de cansaço, fadiga muscular, confusão mental, convulsões, paralisia dos músculos oculares e sensação de mal estar. Esses são quadros mais comuns em indivíduos com avanço da idade, entretanto, pode ser diagnosticado também em indivíduos mais jovens.

Como a reposição de Coenzima Q10 via alimentação não é suficiente para suprir um possível quadro de queda de produção dessa vitamina no corpo, é natural que a suplementação desse composto seja sugerida por profissionais da saúde que identificam essa deficiência no paciente.

Peixe

Onde encontrar a Coenzima Q10?

A Coenzima Q10, como afirmamos anteriormente, é um nutriente produzido de maneira endógena pelo organismo humano. Por isso, você pode encontrá-la nas células de qualquer pessoa.

Além disso, a Coenzima Q10 pode ser encontrada em vários outros alimentos, como as carnes, ovos, peixes, oleaginosas (como as nozes, castanhas, amêndoas), nas leguminosas (soja, feijão, ervilha, grão de bico), nos cereais integrais e nos vegetais de coloração verde escura.

Como a concentração da vitamina é pequena na porção de alimentos que consumimos, a mesma pode ser encontrada atualmente na forma de cápsulas isoladas.

Quais são os benefícios da Coenzima Q10?

Existem muitos benefícios relacionados com a suplementação de Coenzima Q10 em indivíduos com baixa produção ou ingestão dessa vitamina no dia a dia. O principal deles, como você deve imaginar, é a sua ação antioxidante, que garante a capacidade do organismo em combater os radicais livres e minimizar os quadros de lesão celular e envelhecimento precoce das estruturas corporais.

Além disso, a ação antioxidante garante maior fortalecimento dos tecidos cutâneos, deixando pele, cabelos e unhas mais fortes, brilhantes e com aspecto jovem.

A Coenzima Q10 pode também:

  • Atuar no tratamento de doenças degenerativas como o Parkinson, o Alzheimer e a Fibromialgia;
  • Auxiliar no controle de doenças cardiovasculares;
  • Melhorar a recuperação muscular em praticantes de atividades físicas e, consequentemente, aumentar a performance durante a prática;
  • Maior controle do colesterol sanguíneo, evitando que ele se deposite na parede das artérias;
  • Grande efeito anti-inflamatório, protegendo células e tecidos dessa ação que pode diminuir o funcionamento da musculatura;
  • Melhora da resposta imunológica, protegendo o organismo contra infecções e doenças oportunistas.

Quais são as indicações de uso dessa vitamina?

A indicação do uso da Coenzima Q10 pode ser feita em diversos quadros. Ela pode ser usada para tratamentos cardiovasculares, doenças neurodegenerativas, recuperação de atletas e praticantes de atividades físicas, para melhorar a qualidade da pele e cabelos ou apenas para aumentar o nível da mesma encontrada no corpo, para evitar sua deficiência.

Apenas indivíduos com hipersensibilidade a esse composto é que não têm indicação clínica para fazer seu uso. Entretanto, para todos os outros indivíduos é preciso contar com prescrição médica ou nutricional para fazer o uso correto da mesma.

O uso irregular da vitamina pode causar quadros de dores abdominais, hipoglicemia e mal estar.

Como consumir a Coenzima Q10?

Você pode consumir a Coenzima Q10 via alimentação (aumentando a ingestão dos produtos que citamos acima), como também garantir sua ingestão via cápsulas com isolados do produto. Converse com seu médico ou nutricionista para garantir qual a melhor indicação para frequência e momento de uso, usufruindo do melhor que ela tem para lhe oferecer.

Coenzima Q10 em cápsulas

Você conhecia a Coenzima Q10? Já fez uso da mesma para algum tratamento? Conte para a gente!

Responder